Outsourcing – Compliance

Outsourcing – Compliance

Para quem não está habituado ao termo “Compliance”, ele tem origem no verbo em inglês “to comply,” que significa agir de acordo com uma regra, uma instrução interna, um comando ou um pedido. Estar em “compliance” é estar em conformidade com leis e regulamentos externos e internos, ou seja, sua empresa acaba exigindo de forma mais intensa o cumprimento das regras e diretrizes de seus fornecedores.

Por que esta é uma preocupação crescente no Brasil?

“O BRASIL ACABA DE ASSUMIR O PRIMEIRO LUGAR NO RANKING GLOBAL FRAUD SURVEY, REALIZADO PELA CONSULTORIA EY (ERNST YOUNG)”

Já em sua 14ª. Edição, o ranking mostrava o Brasil, anteriormente aos últimos escândalos, na 8ª posição e isso impacta no dia a dia das empresas. 90% dos executivos brasileiros apontaram corrupção e suborno como práticas frequentes nos ambientes de negócios.

As exigências de segurança nos processos só tendem a aumentar e como os custos logísticos constam dos 10 maiores nas empresas, os gestores da área precisam estar cada vez mais atentos ao compliance de suas organizações.

Dentro do universo da logística, existem inúmeros pontos relativos a compliance que podem ser atendidos ou controlados por meio do outsourcing. Como já vimos em posts anteriores, o outsourcing é a terceirização de serviços logísticos que podem ser melhor trabalhados por uma equipe externa à empresa.

Nessa configuração, o outsourcing pode, entre outras vantagens, promover a quebra da cumplicidade do embarcador com o transportador, o que permite exigir mais fortemente o cumprimento de prazos e manutenção ou aumento da qualidade do serviço prestado. Além disso, pode se acompanhar com mais detalhes os processos (métricas) e usufruir de mais profissionalismo na cobrança de resultados (compliance).

Vejamos, por exemplo, a seguinte situação teórica: contrata-se um operador logístico para realizar determinado serviço e ele possui uma transportadora dentro do grupo. Isso pode ficar incoerente, concorda? Pois é, contando com um outsourcing, torna-se mais simples entrar a fundo nesse cenário para alinhar critérios que atendam ao compliance do embarcador contratante do serviço, cuidando para que eles sejam observados.

No próximo post você vai conhecer a LogPartners, a unidade de negócios da GKO Informática para a terceirização dos processos da gestão de frete, e entender, na prática a relação entre outsourcing, compliance e redução de custos logísticos.

 

Saiba mais sobre a LogPartners

Comentários

*campos obrigatórios.

Telefone: (21) 2533 3503
E-mail: info@gko.com.br
Avenida Marechal Câmara, 260, Grupo 715
Rio de Janeiro - RJ